NORMAS PARA O SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO



4 setembro, 2014


“O Matrimônio é constituído pelo pacto conjugal, ou seja, o consentimento mútuo e irrevogável, mediante o qual os conjugues se doam e recebem mutuamente. A própria união do homem e da mulher e o bem dos filhos exigem fidelidade dos cônjuges e sua indissolúvel unidade”.       Constituição Pastoral sobre a Igreja no Mundo de Hoje, GS, nº 48

1-      TAXAS:

Cláusula 1ª: Reserva de data: Se os nubentes marcarem o casamento com mais de 90 dias de antecedência, para esta é cobrada uma taxa de R$ 50,00 no ato da reserva.

Cláusula 2ª: Quanto à TAXA DO CASAMENTO: Independente da reserva, a taxa é de R$ 300,00 consiste na habilitação matrimonial e celebração. Habilitação matrimonial e transferência para outra paróquia: 150,00. Celebração de casamento transferido de outra paróquia: 150,00

Parágrafo Um: As taxas são estipuladas pela Cúria Diocesana de Taubaté.

2-     CERIMÔNIA – ORIENTAÇÕES

Cláusula 3ª: A duração da Cerimônia é de 50 minutos;

O noivo deverá estar na Igreja 15 minutos antes da cerimônia. O atraso da noiva não é sinal de virtude e sim falta de respeito com os convidados, com o casamento e o celebrante. Portanto, a tolerância de atraso da noiva é de 15 minutos. Caso ultrapasse esse limite, a cerimônia poderá ser cancelada.

As testemunhas serão posicionadas na parte baixa do altar, pois não poderão subir ao presbitério (altar).

Os casais testemunhas deverão chegar com 20 minutos de antecedência e aguardar na entrada principal da igreja para a organização da cerimônia.

3- DECORAÇÃO:

Cláusula 4ª: A decoração da Igreja é de responsabilidade dos noivos. Os custos poderão ser divididos com os casamentos agendados no dia. A Paróquia do Menino Jesus não se responsabilizará pela negociação da noiva com a floricultura. A floricultura contratada não poderá colocar pregos nos bancos e fitas adesivas no piso da Igreja.

Clausula 5ª: Os enfeites e/ou decoração inseridos no presbitério (altar) deverá permanecer após a cerimônia. As demais ornamentações que compõe a Igreja, exceto a do presbitério, deverão ser retirados após a cerimônia.

Atenção: É terminantemente proibido remover, retirar, arrastar, substituir  e alterar qualquer objeto, assento, imagem ou afins que façam parte do acervo da Igreja.  Fica proibido jogar pétalas de rosas na parte interna e externa da Igreja. Após a cerimônia a Igreja tem de estar limpa e organizada.

A decoração (ornamentação) deverá ser realizada da no horário de expediente paroquial: segunda feira: 8h às 12h;

terça e sexta feira das 8h às 18h; sábado das 8h às 12h.

Cláusula 6ª: Sonorização: a Igreja não disponibilizará canal de sonorização e microfones para as bandas ou grupos contratados pelos noivos. As músicas de preferência sejam religiosas ou orquestradas, não serão permitidas musicas com temas de filme, novela, sertaneja etc.. Havendo dúvidas acerca das músicas deverão ser consultados os padres ou a equipe de celebração.

Cláusula 7ª: Haverá no dia do casamento uma equipe de apoio, que auxiliará na cerimônia, como; colhendo as assinaturas, fazendo abertura de portas, organização entrada da daminha, recepcionando as testemunhas.

Cláusula 8ª: Ao convidarem padre de outra paróquia para “assistir” ao casamento, deverão os noivos confirmar  na Secretaria, para a devida autorização do pároco ou vigário.

Cláusula 9ª: Para casamentos em outras capelas que correspondem ao território paroquial, os noivos deverão agendar na secretaria paroquial, seguindo os mesmos critérios das cláusulas anteriores.

Cláusula 10ª: Quanto à cerimônia realizada em clubes e salões no território desta paróquia, deverão os noivos comunicar o escritório paroquial no mínimo 30 dias antes, para se providenciar a documentação necessária.

Parágrafo Único: Os padres desta paróquia não “assistem” casamentos fora do templo religioso.

Caso não sejam cumpridas as cláusulas, os noivos não terão direito a reclamação, sobretudo no que diz respeito ao atraso. Para cada item desrespeitado será cobrada uma multa de R$ 200,00 no dia da cerimônia.

Declaro estar ciente das normas procedimentais para a celebração do sacramento do matrimônio, sob a pena de responder pela multa prevista.

Taubaté, ……………..de……………………201…. .

Noivo:…………………………………………………………………………………………………………………………………………………………

Noiva: ……………………………………………………………………………………………………………………………………………………..

Decoradores ou afins:……………………………………………………………………………………………………………………………………

Pe. Renato Marques Silva, msj



COMPARTILHE ESTA PAGINA


Deixe um comentário

   
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
Santuário Nacional lança site do Jubileu de Nossa Senhora

Dia Nacional da Juventude – Missa dia 30 de outubro no Santuário Santa Teresinha

22 de novembro: XVII ASSEMBLÉIA DIOCESANA DE EVANGELIZAÇÃO E PASTORAL
 
EVENTOS PAROQUIAIS
 
Missa de Corpus Christi

19 de dezembro: Criação da Paróquia Nossa Senhora de Fátima

Intenções de missa: Aviso para às Missas de 01 e 02 de novembro em nossa Igreja Matriz