A Paróquia Sagrada Família celebra 25 anos de sua criação



28 outubro, 2014


Criada por um decreto datado de 15 de janeiro de 1989, pelo então bispo diocesano de Taubaté, Dom Antônio Affonso de Miranda, sdn, a Paróquia Sagrada Família, situada no Bairro Jardim das Nações, em Taubaté, celebrou no mês de agosto passado o jubileu de 25 anos.

A escolha da data da comemoração foi feita em vista da Semana Nacional da Família. Assim, de sete a 15 de agosto foi celebrada a novena preparatória para a grande solenidade jubilar. Cada dia da novena foi presidido por um padre que passou pela paróquia nesse tempo de história, como o Pe. José Vicente, o primeiro pároco, os padres Antônio Fernando da Costa, Vitor Hugo, Afonso Lobato, Aléscio Bombonatti, Abílio Dantas, Alexandre Alves, Atônio Robson Gonçalves e Luís Antônio Álvares. No dia 16, foi celebrada solenemente a missa do jubileu da paróquia, presidida pelo bispo diocesano, Dom Carmo João Rhoden, scj.

Para o Pe. Arcemírio Leôncio Carvalho, atual pároco, a celebração dos 25 anos da paróquia foi um momento de graça e de recordar a história. “Celebrar 25 anos é dar graças pelos que ajudaram na construção física e espiritual da Paróquia Sagrada Família. Todos os sacerdotes que passaram aqui deixaram sua marca. Cada um com seu jeito e carisma ajudou essa comunidade a ser expressão viva do amor de Deus no meio do seu povo. Então é o momento de olhar a história e agradecer o que foi vivido e aquilo que ainda vamos viver. Durante essa existência paroquial, muitos nasceram, foram batizados, casaram-se e morreram. Muitos ainda se lembram de como tudo começou: os primeiros tijolos, a construção, um altar, a primeira missa. Dessa forma tão simples essa comunidade ganhou vida. Hoje, vemos uma paróquia madura, com suas pastorais e movimentos, com sua dinâmica, com desejo de viver o mistério de Cristo”. Afirmou o sacerdote, que pertence ao Instituto Missionário São José e está na Paróquia Sagrada Família como o seu segun do pároco, desde fevereiro de 2003.

Antes de se tornar paróquia, a Sagrada Família era uma comunidade pertencente à Paróquia do Menino Jesus. A construção da igreja foi iniciada pelo Pe. João Leopoldo e concluída pelo Pe. Libânio Cicuto, fundador do Instituto Missionário São José, falecido há 17 anos.

Revigoradas a fé e a esperança pelo jubileu celebrado, a Paróquia Sagrada Família contiua a sua história em vista de poder colaborar sempre com a construção do Reino de Deus na Diocese de Taubaté.

Pe. Jaime Lemes, msj De Taubaté

FONTE: O Lábaro – setembro 2014



COMPARTILHE ESTA PAGINA


Deixe um comentário

   
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
EVENTOS PAROQUIAIS